sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

O PAÍS QUE NÃO SE CONHECE

          É lamentável, mesmo.
          Os trabalhadores brasileiros se sacrificam tanto, e quase nada tem.
          As faltas de oportunidades para todos nós, crescem a cada dia mais.
          Mesmo sabendo que a maioria da população recebe um salário mínimo, mas o governo não se comove com nada.
          Mesmo assim, os aumentos estão aí.
          Esse Pais é tão desumano, que se um cidadão comum necessitar de um empréstimo, ou mesmo de  um cartão de crédito em um bando púbico, raramente consegue.
          Agora basta alguém famoso, mesmo estando inadimplente pedir uma linha de crédito qualquer, que a probabilidade de ter seu pedido atendido é garantida.
          Veja só: aquele que mais se sacrifica pelo Brasil, não tem quase  direito a nada, mas já aquele que não se sacrificou muito, que nasceu com uma vida confortável, pode tudo...
          Afinal, que Brasil desigual é esse, em que vivemos?
          As leis que são para uns, não são para todos?
          Por que essa distinção toda?
          Depois, ainda dizem que o Brasil é de  todos nós.
          Mas será que realmente o País é de todos ou só de alguns?
          Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.









Nenhum comentário :

Postar um comentário