quinta-feira, 13 de março de 2014

A AUTORIDADE DO DINHEIRO

         Geralmente vivemos entre a cruz e a espada. Não sabemos para onde correr.
         Não encontramos uma solução para diversas circunstâncias, na vida.
         Se queremos conseguir algo lutamos muito, e terminamos por desistir.  Tudo poderia ser diferente, se houvesse um estímulo, mas a vida é tão cheia de mistério, que não encontramos uma saída para   alcançarmos novos ares.
        Se dependesse só de nós, todos seríamos mais felizes; infelizmente, a própria sociedade não nos dá alternativas para encontrarmos a tal felicidade.
        Vivemos em uma sociedade, onde o indivíduo não tem quase direito a nada. Até o ar que respiramos, querem cobrar.
         Não podemos ter aquela vida de vinte anos atrás, porque o mundo está ficando cada vez mais, cheio de espinhos. 
         O mais importante em uma nação, são seus habitantes, pois sem eles, a nação  fica oca, vazia. Mas não é o que vemos, atualmente. As pessoas são deixadas de lado, e só se dá importância ao dinheiro, ao poder, ou seja, primeiro eu, segundo eu, terceiro eu, e resumindo: tudo é meu.
         Já se foi o tempo em que podíamos sonhar, e ter aquele sonho concretizado. Hoje sabemos que podemos sonhar, colocar os projetos no papel, e ficarmos com os sonhos frustrados.
         Quem sabe um dia voltemos a ter o País maravilhoso, que já foi o nosso.
        Acredito que ainda poderemos não só sonhar, mas também concretizar todos os nossos desejos escondidos, em nosso interior. E nisso tudo o dinheiro sempre fala  mais alto...
          Por enquanto nos contentemos com os sonhos, afinal, eles não custam nada.
          Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.

Nenhum comentário :

Postar um comentário