quarta-feira, 9 de maio de 2012

VENDE-SE UM ÓRGÃO

          Seja qual for a dificuldade que enfrentamos, sempre devemos dar valor, a tudo aquilo que possuímos.
          Se por acaso, nas primeiras dificuldades que enfrentarmos, formos nos desfazer do que temos, com o que, ficaremos?
          Infelizmente, nossa vida é feita de autos e baixos, de conquistas e derrotas, de certezas e incertezas.
          E se por acaso, soubermos enfrentar qualquer situação por mais difícil que pareça, com dignidade, mostraremos que somos fortes.
          No entanto, existem pessoas que ao se verem entre obstáculos, terminam mostrando-se frágeis.
          E quando isso acontece, essas pessoas são capazes das mais variadas atitudes, mesmo que depois, se arrependam.
          Quantas pessoas nós conhecemos, que pela necessidade de terem em demasia, até foram capazes de se venderem?
         Quantas pessoas que para terem uma situação financeira melhor, negociaram os próprios órgãos?
          Dinheiro nenhum na vida pode pagar por um órgão, que foi vendido.
          Seja qual for a situação enfrentada, encare a mesma com muita confiança, mas não pense jamais, em tomar certas atitudes impensadas, pois mais tarde, o arrependimento poderá ser muito cruel.
          Aconselhe a quem quiser algum  dia, colocar um anúncio em qualquer jornal, vendendo seus órgãos, a não o fazê-lo, pois os mesmos foram nos dados, de graça.
          Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.

Um comentário :