sexta-feira, 4 de maio de 2012

NÃO VENDA, SEU AMOR

                Por mais que a vida se apresente difícil, mas devemos procurar ser sempre, quem somos.
                Não adianta nós fazermos aquilo que venha a agradar outros, para sermos bons, perante os mesmos.
                Em primeiro lugar, vem os nossos gostos, pois quando não fazemos o que queremos, não nos sentimos bem.
                Não vale a pena vendermos nossos sentimentos, só a fim de angariarmos algum dinheiro a mais.
               Para demonstrarmos que gostamos de determinadas pessoas, ou de certas situações, não é necessário que sejamos atraídos, pelo poder.  O amor que nasce em cada um de nós, jamais deverá ser negociado.
               É mais prazeroso, quando podemos demonstrar um verdadeiro sentimento, sem interesse algum.
               Afinal de contas, os sentimentos que todo ser humano tem, são ganhos de graça, não é mesmo? Além do mais, quando qualquer parte nossa é negociada, nós mesmos ficamos infelizes, concorda?
               Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.

Nenhum comentário :

Postar um comentário