quarta-feira, 31 de agosto de 2011

A MORTE DA LÍNGUA PORTUGUESA

          Com o desenvolvimento do Brasil, várias conquistas tivemos, é claro.
          Mas nem tudo está do jeito, que sempre pensamos.
          Cada vez mais, os costumes da sociedade brasileira, estão sendo modificados.
          Quando tais modificações são para o bem, só temos a ganhar, mas quando encontramos dificuldades geradas, pelas criações do homem, aí a situação fica muito difícil.
          E de uns tempos para cá, além de perdermos nossa identidade, temos que conviver com certos erros costumeiros, como o desrespeito para com a Língua Portuguesa, coisa que em tempos atrás, jamais acontecia, frequentemente.
          Hoje em dia, com o uso cada vez mais frequente da Internet, nossos jovens já não sabem se expressarem direito, pois ficam limitados a um mundo virtual, onde todos se comunicam, através de abreviações.
          Embora os professores ensinem o Português correto, mas diversas pessoas fazem questão de escreverem errado, talvez seja por preguiça de fazerem o correto ou pelo falo de não saberem, mesmo.
           O fato é que nossa Língua Portuguesa, está sendo banalizada, cada vez mais.
           A situação está tão séria, a ponto de determinados professores não saberem usar os benefícios da Língua Portuguesa.
           E consequentemente, um professor que não sabe escrever direito, por exemplo, como poderá lecionar?
           Mas como aqui no Brasil, tudo é possível, o governo faz vistas grossas, para esse fato tão grave.
           Ao invés do governo procurar reformular o que já era difícil para alguns, deveria incentivar um ensino mais profundo, em torno de nossa Língua.
          Falar Português, é ótimo. Escrever Português, é legal , mas as duas maneiras(escrever e falar), devem andar  juntas.
          Seria interessante, se as autoridades decidissem resgatar a Língua Portuguesa, de anos atrás, e não deixar que a mesma, continue sendo tratada, de qualquer maneira.
          Hoje em dia, estamos assassinando a Língua Portuguesa, quando escrevemos certas palavras erradas ou mesmo, falamos certos termos, errados.
          É sempre bom descomplicar, e não, complicar.
          Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.

Nenhum comentário :

Postar um comentário