sábado, 7 de maio de 2011

SEMPRE ELA

            Por mais que se fale, mas parece que de nada adianta mesmo.
            Sempre que pensamos que a violência contra determinadas pessoas está chegando ao seu fim, eis que nos deparamos com novos casos.
            Parece até que estamos vivendo, em tempos de guerra.
            Ao invés de determinados jovens ocuparem seu tempo com coisas produtivas, os mesmos se empenham em promover o mal.
            Uma parte da população que tem  menos condição financeira, é quase sempre a mais atingida, em se tratando das tais agressões gratuitas.
            Não importa se determinadas pessoas são negras, homossexuais, baixas, altas, mas isso não dá direito a ninguém, agredi-las.
            Geralmente, aqueles que usam desse tipo de expediente, são pessoas esclarecidas, racistas, que vêem em seus agredidos, seu próprio espelho. 
            Para uma pessoa ofender a outra mesmo que seja verbalmente, é porque enxergou ali, o que há nela e que não lhe agrada.
            Mesmo que seja isso, não justifica certas agressões.
            Se o Brasil tomasse uma medida severa contra os agressores de plantão, todos ficariam em paz, no entanto...
            Não adianta prender certos agressores e em certo tempo soltá-los, porque voltarão a cometer os mesmos erros.
            Se as nossas leis fossem mais sérias, o número de violência diminuiria e muito.
            Quando nossos governantes decidirem rejuvenecer as leis, a homofobia, a discriminação, em fim, todo tipo de barbaridade contra o ser humano, terá seu devido fim.
            Por enquanto, tudo fica como está, para ver no que dará.
            Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.

                                                                    Reflexão

                                               "Felicidade não se acha, se conquista"

Nenhum comentário :

Postar um comentário