quinta-feira, 19 de maio de 2011

PARA LEMBRAR

          Enquanto as autoridades se preocupam com assuntos que só interessam a si, a população passa por momentos de dificuldade.
          Se não fossem certas pessoas que se disponhem a gastarem algumas horas de seu tempo para ajudar quem precisa, o Brasil seria muito pior.
          Mas como a vida é feita de erros e acertos, devemos continuar acreditando em dias melhores.
          Seria para as coisas serem diferentes da realidade atual, mas como nem tudo pode ser as maravilhas que imaginamos...
          Não é pelo fato de não termos nossos sonhos realizados, que vamos desanimar.
          Qual o sentido que a vida teria, se tudo fosse de fácil solução?
          Pois é!
          Parece até ser uma ironia, mas as dificuldades também são muito importantes, para que tenhamos vontade de viver.
          Era para o Brasil   nos dar condições para a alegria reinar constantemente, em nossa vida.
          Mas enquanto o Brasil só fala em melhorias, e nada faz, existem pessoas que não falam e fazem algo de bom, para nós.
          As diversas organizações que fazem trabalhos em prol da humanidade, são um grande exemplo para este País tão cheio de contrastes, desumano, etc...
          Se não fosse a boa vontade de determinadas ONGs, o que seria de alguns de nós?
          As ONGs ocupam importante papel em nossa vida, pois a maioria delas, lutam por nossos direitos.
          Nas diversas situações que surgem, nem sempre tudo é nos informado, mas devido a lei de imprensa...
          A população brasileira não aguenta os mandos e desmandos, que ainda existem.
          Como sempre, surgem pessoas que se proponhem, como já dito, a nos defender.
          E para lutar por nossos direitos, essas pessoas não medem nenhuma distância.
          Confie, pois as boas ações existem, sim.
          Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.

                                                               Reflexão

                                      "Nunca deixe suas dúvidas te abalar..."

Nenhum comentário :

Postar um comentário