domingo, 6 de março de 2011

SOLIDÃO

            Essa é a palavra que traduz o sentimento que muitas pessoas se encontram.
            Embora algumas pessoas estejam rodeadas de amigos, mas na hora que a solidão se faz presente, não há quem dê solução.
            Infelizmente não sabemos ao certo, quando a solidão se fará presente.
             Essa é uma palavra que aterroriza qualquer pessoa, porque suas consequencias são catastróficas.
            Para escaparmos dessa tal, é necessário que renhamos muita força.
            Não é nada fácil nos livrarmos dela,(a solidão), mas se fizermos o possível para irmos a certos lugares, conversarmos com certas pessoas, tudo poderá dar  certo.
            Infelizmente, o Brasil se encarrega de nos trazer momentos infelizes.
            As notícias que escutamos constantemente, não são animadoras.
            Raramente temos momentos contentes, mas...
            Voltando ao foco:
            Existem pessoas que para espantarem da solidão, procuram visitar um orfanato, por exemplo, um abrigo de idosos, um hospital, algo que lhe faça feliz.
            Desse jeito, poderemos encontrar um caminho, que não nos deixe solitários.
            Como tudo na vida, sair da solidão também é difícil.
            Por incrível que pareça, nossa vida só tem sentido, quando tem alguns obstáculos.
             Já pensou, se nossa vida fosse repleta de facilidades?
             Tirando por mim, seria uma vida pacata, oca, sem sentido, etc...
             Assim, temos que conviver com o bem  e o mal, o ruim e o bom, o preto e o escuro, e é claro, com os momentos cheios de tristezas ou alegrias.
            Então, a solidão é uma lei da vida, onde todos nós temos que fazer parte.
             A palavra citada acima, não é boa para ninguém, mas às vezes é nossa grande amiga.
            Continua........................
            Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.

                                     Reflexão

              "Todo aquele que ama, acredita no impossível".

Nenhum comentário :

Postar um comentário