segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

SOMOS IGUAIS

            Existem pessoas que tem uma concepção muito errada, a respeito da vida.
            Se estamos aqui na terra, é porque todos nós somos merecedores.
            Mas há pessoas que não pensam como eu ou você.
            O ser humano é súper engraçado.
            Desde o início do mundo, algumas pessoas procuram se distanciar das outras, só porque tem melhores condições financeiras, a cor da pele clara, estudaram nas melhores escolas, moram em suas mansões, e por aí se vai.
            Infelizmente, quem pensa dessa maneira, está se enganando.
            Não adianta se ter melhores condições ou seja lá o que for, e humilhar os demais, porque todos as pessoas nasceram para se ajudarem.
            Ninguém vive só. Querendo ou não, somos dependentes, sim.
            Mesmo que se tenha toda fortuna do mundo, mas sempre há algo que o dinheiro não compra.
            O dinheiro não pode comprar a liberdade almejada por muitos, por exemplo.
            Do que adianta se ter tanto poder, e se sentir só, com medo de tudo e de todos?
            Na realidade, o que nos diferencia é nosso modo de pensar, de agir, porque no mais, nada é diferente.
            Muitas vezes, aquelas pessoas que tem menos dinheiro é mais feliz, do que a que possui dinheiro em demasia.
            Geralmente, só analisamos determinadas pessoas, por sua aparência, mas o que importa mesmo em cada um de nós, é o nosso coração, não um corpo bonito, bem moldado.
            Talvez o grande problema da humanidade esteja, em apreciar as coisas superficiais.
            Não sei porque algumas pessoas se sentem mais especiais que outras, porque no momento de todos se unirem em prol de qualquer benefício aqui no Brasil, todos são iguais.
            Mas cada qual é cada qual.
            O mundo poderia ser muito diferente, se todos se olhassem como iguais, independente do poder aquisitivo ou não.
            Uma comparação: o sofrimento e a alegria ficou para quem é rico ou pobre.
            Portanto, somos semelhantes, embora muitos não queiram.
            Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.

                                                      Reflexão

            "Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina".

Nenhum comentário :

Postar um comentário