quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

CORTE MERECIDO

            Parece que com o corte que o governo fez em seu orçamento, as coisas só tende a melhorarem.
            Chega do Brasil gastar tanto dinheiro com coisas desnecessárias, enquanto a população continua passando necessidade.
             Pelo menos com o dinheiro que será ecomizado, muitas necessidades nossas, serão atendidas.    
            Já é hora das autoridades olharem nosso lado também, e esquecerem um pouco, de seus interesses.     
            Durante muito tempo, passamos por poucas e boas, para dar boa vida a fulano ou beltrano, de Brasília.
            Quantas oportunidades deixamos de ter, por causa do desperdício desenfreado, de alguns reais.
             Para os parlamentares, um real a menos não faz nenhuma falta, mas para nós, a conversa é outra.
            Agora acho que o Brasil  entrará nos eixos, e consertará também, os erros passados, sem exceção.
            Sendo assim, poderemos contar com melhores escolas, uma boa saúde, com ótimos policiais, enfim, com os serviços públicos trabalhando, a todo vapor.
            Esperamos que a iniciativa de cortes nos gastos do governo, seja a primeira de tantas outras.
            Alguns políticos já estavam acostumados com a mordomia, que só nos prejudicam.
            Agora, torama que o próximo passo seja, rever as aposentadorias dos ex-governadores, coisa que é mais uma vergonha, para todos.
            Os governadores tem seu mandato por quatro anos, e no fim, ainda tem direito a aposentadoria; é difícil de se entender.
            Enquanto nós trabalhamos durante anos e mais anos, para tentar uma aposentadoria que às vezes nem sai, os ex-governadores tem o privilégio de obtê-la, só porque governaram um estado durante quatro anos, é um absurdo.
            Seria interessante se todas as mordomias que os parlamentares tem em Brasília, também fossem revistas.
            Para moralizar o País, tem que fazer uma limpa geral, nas leis que oferecem regalias, a todos os políticos.
            Não vejo qual a necessidade da criação de mais ministérios, se a ordem me parece, é cortar gastos.
            Não adianta cortar de um lado e do outro, aumentar.
            Seria interessante também, se o governo cortasse a maioria dos impostos que pagamos, pois são muitos.
            Se todos os parlamentares fizessem igual ao que não aceitou certa quantia em dinheiro para seu benefício, o Brasil ficaria melhor ainda.
            Mas por hora, nos contentemos com o corte que foi feito no orçamento do governo, pois poderá servir de exemplo.
            Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.
                    
                                                     Reflexão

                        "Alguns procuram a felicidade. Outros a criam!".

Nenhum comentário :

Postar um comentário