quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

TUBERCULOSE

               Estamos no verão. É época de comemorarmos o Natal, mas não devemos nos esquecer de certos assuntos que  não são muito bons para serem falados: as doenças.
               É justamente neste período do ano que devemos nos preocupar mais, com a dengue.
               Várias campanhas são feitas, para alertarem a população, sobre os devidos cuidados, contra essa doença, que até mata.
               Tomados os devidos cuidados, nada pode nos acontecer.
               Mas não é especificamente sobre a dengue, que quero falar, mas sim, a tuberculose.
               A tuberculose é uma doença grave, transmitida pelo ar, que pode atingir todos os órgãos do corpo, inclusive os pulmões.
               O microorganismo causador da doença é o bacilo de Koch, cientificamente chamado de Mycobacterium tuberculosis.
               Geralmente, as pessoas tem uma tosse e acham que é algo comum, que fazendo uso de um xarope, podem ficar curadas, e não procuram orientação médica.
               E assim, se auto-medicam, mas estão cometendo um grande erro.
               Voltando ao assunto principal.
               Os sintomas da tuberculose, são: tosse crônica, febre noturna, suor noturno(chega a molhar o lençol), dor no tórax, perda de peso lenta e progressiva, perda de apetite, indisposição.
               Mas há tratamento, sim.
               A prevenção usual é a vacina BCG, aplicada nos primeiros 30 dias de vida e capaz de proteger contras formas mais graves da doença.
               Se houver a contaminação, o tratamento consiste basicamente na combinação dos medicamentos: rifampicina, bactrim, isoniazida e pirazinamida.
               O tratamento dura em torno de seis meses. Se  o tratamento for seguido corretamente, as chances de cura chegarão a 95%
               É fundamental não interromper o tratamento, mesmo que os sintomas desapareçam.
               O abandono do tratamento faz com que os bacilos tornem-se resistentes aos medicamentos e estes deixam de surtir efeito.
               Uma vez tomados os cuidados devidos, vai para lá, doença maldita.
               Mais uma vez, muito obrigado. Fique com Deus.

                                                    Reflexão

               " Você é uma das pessoas mais altoastral, que conheço ".

Nenhum comentário :

Postar um comentário