domingo, 26 de dezembro de 2010

JAMAIS

               Estamos vivendo dias felizes, pois é tempo de comemoração.
               É chegado o momento de repensarmos em tudo aquilo que fizemos, durante este ano que se finda, para que não cometamos alguns erros, no ano seguinte.
               Assim como desejamos ter um País novo, queremos ter conceitos novos, também.
              Durante alguns anos em nossa vida, aprendemos como nosso País, funciona.
              Sabendo de tudo isso, é um motivo a mais, para sermos eternos vigilantes.
               Sei que toda a população não quer continuar presenciando as cenas horrorosas protagonizadas, por alguns políticos.
               Os mais interessados no progresso do Brasil, somos nós, portanto, temos que defender o que é nosso.
               Chega de tanto nos calarmos diante de certos absurdos, que só nos fazem sofrer.
               Não é junto que a população trabalhe sério, enquanto pessoas que nada fazem, levam nosso dinheiro.
               Nós pagamos caro demais para sermos brasileiros, porque se formos pensar nas injustiças que aqui tem, não daremos  passo algum.
               É hora do Brasil deixar de ser o País da impunidade, onde quem sofre mais, é o inocente.
               Reivindiquemos mais nossos direitos, pois se assim não fizermos, tudo ficará como está: o País dos escândalos, das desigualdades, etc...
               Não é mais adimicível que outros Países venham levar o que nos pertence e ficar por isso mesmo.
               Com tanta tecnologia, tanta inteligência, há que termos meios também, para impedir que nos furtem.
                Por causa de sempre acharmos que tudo irá melhorar,  muitas situações acontecem, conosco.
               Não voltemos a ser aqueles que esperam para ver demais, pois poderá um dia, ser tarde demais para consertarmos algo de errado.
               Mais uma vez, muito obrigado por tudo. Fique com Deus.

                                                           Reflexão


               "O segredo da felicidade, é saber cair nas tentações".

Nenhum comentário :

Postar um comentário