segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

DISCRIMINAÇÃO

            Uma palavra quase que pequena, mas é capaz de destruir a vida de uma pessoa.
            Durante todo o tempo de existência, o mundo sempre foi  desigual, para alguns.
            Infelizmente, temos que conviver com aquilo que queremos ouvir ou não.
            Umas pessoas se acham melhores que as outras, só porque tem a cor da pele mais clara, mais dinheiro no bolso, mais conhecimento, etc...
            Mas no entanto, nada disso importa.
            Vivemos em uma época, em que a discriminação é a "grande vilã".
            Infelizmente, as pessoas que usam desse expediente, são aquelas que querem se esconder de algo ocorrido, em seu passado.
            Mas usam seu semelhante, como um escudo, como que assim, irão se livrar de histórias passadas.
            Puro engano.
            Recentemente, as televisões estão divulgando as agressões sofridas, por pessoas inocentes.
            Pensando bem, as pessoas que cometem esse tipo de agressões contra seu próximo, são pessoas que são incapazes de amarem a si, mesmas.
            Quantas pessoas já foram espancadas gratuitamente, tiveram sua vida modificada, e nada aconteceu?
            No País evoluído em que vivemos, não há mais espaço para que esses fatos aconteçam, para com o ser humano.
            Infelizmente, quando as vítimas denunciam os agressores, há uma investigação superficial em torno de tais acontecimentos, mas que não leva a lugar algum.
            Quem foi agredido, que levou as pancadas. E o(s) agressor(es)....?
            É por causa de toda essa indiferença existente aqui, que o País está quase sem credibilidade, perante seus habitantes.
            A começar pelas leis que são muito antigas, e permitem que bandidos fiquem soltos.
            E depois, pelos advogados que se deixam corromper, mancham sua classe.
            E os juízes que levam anos e mais anos para descobrirem que o errado é o errado e o certo é o certo.
            Se as leis brasileiras não forem revistas urgentemente, a discriminação irá continuar, a prevalecer.
            Não importa se fulano é isso ou aquilo; o importante é que ninguém tem o direito de ser discriminado pelo fato de optar por certos caminhos, que a sociedade machista, não suporta.
            Para finalizar.
            É muito comum aqui no Brasil, as empresas demitirem funcionários, por causa de sua aparência, sua opção sexual, sem contar que o objetivo principal em um funcionário, é sua experiência.
            Pessoas são espancadas gratuitamente, por uma questão de homofobia, e dá tudo em nada: quem espanca não é preso.

                                                Reflexão

            "Sonhar não é pecado...
            Pecado é destruir um sonho sem ao menos tentar realizá-lo".

Nenhum comentário :

Postar um comentário