quarta-feira, 17 de novembro de 2010


HUMANIDADE

          Atualmente, as pessoas estão ficando cada vez mais distantes, de seus verdadeiros sentimentos.
          Cada um só pensa em si, e esquece que há ao seu redor, tantas outras pessoas.
          O verdadeiro significado da vida, já não tem mais valor, no mundo atual.
          Às vezes, uma simples palavra de conforto, tem a capacidade de transformar o cotidiano, da população que é tão carente, de amor.
          Hoje em dia, doenças surgem do nada, na vida de alguns e a explicação pode estar, na falta de amor que  encontram, diariamente.
          As pessoas não se olham mais nos olhos, não se falam, não se abraçam mais, não tem um sorriso alegre, para com seu próximo.
          Tanta evolução que nós temos, mas para quê?
          Não adianta a humanidade ser evoluída, e as pessoas esquecidas.
          Hoje, se uma pessoa pisa no pé da outra, sem querer, mesmo pedindo desculpas, ela corre até o risco de ser espancada, xingada, mal interpretada.
          Infelizmente, a ganância pelo poder, está deixando muitos de nós, hipnotizados.
          Já se foi o tempo, em que os habitantes de uma nação qualquer, eram valorizados, respeitados, etc...
          Até parece que a humanidade está  evoluindo muito, mas está retrocedendo, em alguns aspectos.
          Todas as carências que nós temos, demonstram o desamor encontrado, em cada esquina que passamos.
          Quando ocorre um problema qualquer, com uma pessoa ao nosso lado ou até mesmo com outros Países, fazemos de conta que nada está acontecendo, pois não fomos nós, os afetados.
          Mas nos enganamos, quando pensamos que os problemas alheios, também não nos atingem, de qualquer maneira.
          Um exemplo disso, é quando há uma crise financeira, nos Estados Unidos, e começa a haver certas dificuldades, em relação aos produtos brasileiros, no País citado acima ou outros Países irmãos. Querendo ou não, somos abalados pelos problemas dos Estados Unidos, embora seja um País, distante do nosso.
          Portanto, a humanidade tem que dar valor, aos verdadeiros sentimentos.
          Caso contrário, seremos uma humanidade desumana.
          Não há necessidade de poucas pessoas terem muito, enquanto poucas, não tem nada.
          Aqui no Brasil, há lugar para todos, mas poucos são os previlegiados.
          Preferimos muitas vezes, gastar dinheiro com um ingresso para assistirmos o nosso time do coração jogar, mas somos incapazes de darmos uma ajuda financeira, a quem nos pede, humildemente.
          Por essas e outras, é que o ser humano não liga, para os verdadeiros valores.
          É preferível para muitos, viverem de ilusão, a encararem a realidade que os cerca.
          Humanidade sem sentimentos, é como se fosse uma casa vazia, que para atrair visitantes, é necessário uma organização, antes.
          É isso aí, meu amigo. Ninguém vive só, para si.

          Para reflexão= "Não desista; não pare de crer...
                                 Os sonhos de Deus, jamais vão morrer!"

Um comentário :