terça-feira, 26 de outubro de 2010

SENTIMENTOS FABRICADOS

          Raramente nós nos deparamos com pessoas dispostas a gastar um minuto de seu tempo, em prol do seu próximo.
          Nós só nos preocupamos com as coisas superficiais, e esquecemos dos verdadeiros valores.
          Devido à falta de tempo, as pessoas estão ficando cada vez mais trancadas, em seu interior.
          Não temos mais disposição para ouvir nosso semelhante, para trocarmos ideias, para pensarmos sobre nós mesmos.
          Devido as circunstâncias, nossos sentimentos já não são os mesmos.
          A geração que está chegando, não poderá usufruir do que nós usufruímos, pois tudo está se acabando aos poucos.
          Somos obrigados a representar o que não somos, a fim de sobrevivermos perante o mundo atual.
          Muitas vezes, até queremos demonstrar certo afeto por alguém, mas devido às cobranças, temos que esconder nosso sentimento.
          Se vemos uma cena emocionante, e ficamos comovidos, somos logo ridicularizados pelos outros, que nada tem para pensar.
          Para sermos bem aceitos nesta sociedade imatura, é necessário que deixemos nossos valores de lado, mesmo que seja contra nossa vontade.
          Atualmente, não temos nem o direito de escolha, porque as tais escolhas já vem prontas. Como exemplo, temos as leis que são feitas pelo governo, e que nós só sabemos da existência das mesmas, na última hora.
          Para muitos, a nossa opinião não conta.
          A palavra democracia só existe no dicionário, porque na prática, é totalmente diferente.
          Não temos mais direito a ter direitos.
          Nosso sonho de liberdade, de um dia melhor, da paz universal, do papel não saiu e nem sairá, enquanto as pessoas só pensarem em si.
          Parece que o que muitos aprenderam na escola, ficou em um tempo bem distante. Tempo em todos tinham direito a tudo, embora o mundo fosse menos evoluído .
          Quando nossos sentimentos voltarem a ser nossos (mesmos), seremos muito mais felizes.
          Por enquanto, trabalhemos para reconquistarmos nossa liberdade perdida, e nosso direito a ter sentimentos, sem  exceção.
          Já é de praxe, nós termos que fazer o que não queremos, só para safistazermos as vontades alheias.
          As pessoas tem que aprenderem de vez, que cada qual tem seus pensamentos, seus valores, seus quereres, serem sobre si.
          Ninguém é dono de ninguém, por isso temos que deixar de sermos os outros, para sermos nós.
          Os sentimentos humanos foram feitos paras serem executados, e não escondidos, como acontece atualmente.
          Determinadas doenças acontecem, porque as pessoas não tem mais como expressarem suas vontades.
          A explicação para tantos desencontros, está em não podermos ser nós mesmos, como já disse antes.
          Os sentimentos são coisas naturais, e devem ser respeitados.

Nenhum comentário :

Postar um comentário