sábado, 9 de outubro de 2010

A PAZ






        A paz é uma palavra meio difícil de ser entendida. Embora seja uma palavra composta por três letras, mas para compeendê-la, é quase que um labirinto.
        Começa por nós. Se não estivermos em comunhão com nosso eu, jamais poderemos dizer, que estamos em paz.
        Por vezes, queremos nos fazer de fortes, e tentar ignorar tudo aquilo que nos incomoda, mas no entanto, não podemos atropelar nossos pensamentos, vendar nossos olhos, ficar mudos, enfim, fazer de conta que nada está nos incomodando.
        Para tentar esquecer os problemas, muitas vezes cantamos, dançamos,lembramos de algo bonito, em nossa vida.
        Primeiramente, nosso interior tem que estar em plena harmonia, para podermos dizer, que temos a tão sonhada  paz. Depois disso, é preciso que nada que nos digam, possa nos irritar, a ponto de sairmos do sério.
        A paz é um mistério, onde todos nós, somos meros espectadores.
        Por mais que eu escreva sobre a paz, nunca terei nenhuma definição, pois ela parece ser um conjunto infinito, onde analisamos, analisamos, e desistimos de entendê-lo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário